Lua do Silêncio

Ou lua vazia, ou lua negra. É a lua de todas as possibilidades, de todos os inícios e de todos os fins.


Abrir o livro do coração é como levantar um pequeno véu nos nossos sonhos, dos nossos desejos, da nossa Lua, do nosso Sol.
Cada página deste livro leva tempos sem conta a escrever e a corrigir, pois o seu objectivo é atingir a perfeição.
Alguém já um dia imaginou um coração perfeito, em equilíbrio?
Alguém sonhou, sequer, em trabalhar o seu coração, no sentido da perfeição?

O coração é como uma flor, repleta de pétalas...cada pétala é um capítulo...cada capítulo tem várias páginas que são escritas e calibradas ao longo dos tempos...

Quando chegarmos ao fim do nosso tempo, nesta vida aparentemente efémera, se fizermos o Julgamento, tal como os antigos egípcios e numa balança pusermos o nosso coração, de um lado, e uma pena, do outro, será que ele estará demasiado pesado, demasiado leve, ou haverá um equilíbrio...
O equilíbrio do coração e da mente... os dois levando à evolução!
Nessa evolução, o coração é o sol que anima a nossa existência. Cabe-nos, a nós, não deixar que essa luz deixe de brilhar, que seja sempre a luz que guia a nossa mente neste caminho rumo ao céu, rumo à Terra, rumo a nós mesmos, ao mais profundo que há em nós!
O desânimo, a inércia, a loucura, o desejo, a ilusão, são elementos que não cabem aqui!
Aqui cabe a vontade de evoluir, o querer descobrir pelos próprios passos o que há mais além do que é possivel aos nossos olhos físicos e à nossa mente concreta!
Que esta flor nunca pare de brotar que encontre o seu esplendor e se transforme num lindo e magnifico sol, exemplo para os que virão!
BIJAM!

2 comentários:

Tão lindo!!! Obrigada por me lembrares a importância que tem o nosso coração. Atrevo-me apenas a acrescentar que a pena, no julgamento egípcio, símbolizava o raciocínio, mas o raciocínio através da terceira visão, aquele que só é alcançado através do equilíbrio da acção e da mente.

Um beijo enorme e um abraço

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

Who am I?

A minha foto
Desde cedo, começou por explorar práticas espirituais que a ligam directamente à Natureza, aos ciclos da Terra e ao Sagrado Feminino. Apaixonada por todas as formas de expressão criativa, começou o seu trajecto na escrita criativa, artes plásticas, desenho e pintura. Criou e participou em diversos blogs de escrita poética, investigação e espiritualidade. Desenvolveu a sua formação académica na área da Comunicação e participou em várias formações de Dança Contemporânea, Consciência Corporal, Teatro, Escrita Criativa e Artes Plásticas. Actualmente estuda Movimento Oriental. Em 2007 foi a fundadora do conceito ArtingLuna, através do qual expressa a sua linha de artesanato, em acessórios de tecido, incensos rituais, cabazes gourmet, entre outros. O conceito ArtingLuna é também a base pela qual tem desenvolvido a conexão terapêutica da Arte com a Espiritualidade, através de vários ateliers, workshops, encontros e círculos.

Um história para todos...

Followers

CURRENT MOON

Listening....

Listening....

Silent words