Lua do Silêncio

Ou lua vazia, ou lua negra. É a lua de todas as possibilidades, de todos os inícios e de todos os fins.




Homem escravo
Escravo dos cinco sentidos
Do mundo fútil
De uma vida física
Homem escravo
Escravo da matéria
Que não respeita a origem
Que esquece a sua alma
Homem escravo
Que apesar de sentir, não sente
Que diz amar, quando não ama
Que afirma lutar, quando cruza os braços
Homem escravo
Escravo do que vê
Do que pensa ver, mas não vê
Do que diz ver, mas não crê
Homem escravo
Escravo da razão
Razão da lógica ilógica
Da lógica sem coração
Homem escravo
Que vê, cheira, ouve, saboreia, sente
Mas nega
Nega o que não quer acreditar.

7 comentários:

Condenamos a escravidão,
Mas somos escravos da nossa própria existência,
Dos nossos sentidos,
Daquilo que nos rodeia.

Lutamos pela liberdade,
Mas ao lutarmos por ela
Não estamos a ficar escravos dela?

Raio de mentalidade complicada a nossa dos seres humanos...

Bonito texto.
Beijo
Almaarea Na

Nem mais! E mais uma vez faço minhas as palavras do Croag, pois ele já disse o que eu queria dizer...

"Somos escravos da nossa própria existência"

Beijinhos para ti Amiga,
texto mto bonito!

Herenya Na!

Só conheço escravos da paixão... a menos que fales dos estúpidos!

gostei mto ;)

Escravos somos...

E por mais que tentemos, não conseguimos fugir daquilo que nos aprisiona...

Escravos do passado, do presente, do futuro, do destino...

Escravos da futilidade alguns, e outros escravos da excentricidade...

Todos somos escravos!!!

E essencial aprendermos a contrariar essa dependência, ou nunca seremos completos...

E é com isso que sonhamos, com aquilo que nos complete...

Haja o singelo exercício da Vontade... acaba-se a escravatura como se de um sonho se tratasse.

BB

É..
"Mais cego é aquele que não quer ver"

Who am I?

A minha foto
Desde cedo, começou por explorar práticas espirituais que a ligam directamente à Natureza, aos ciclos da Terra e ao Sagrado Feminino. Apaixonada por todas as formas de expressão criativa, começou o seu trajecto na escrita criativa, artes plásticas, desenho e pintura. Criou e participou em diversos blogs de escrita poética, investigação e espiritualidade. Desenvolveu a sua formação académica na área da Comunicação e participou em várias formações de Dança Contemporânea, Consciência Corporal, Teatro, Escrita Criativa e Artes Plásticas. Actualmente estuda Movimento Oriental. Em 2007 foi a fundadora do conceito ArtingLuna, através do qual expressa a sua linha de artesanato, em acessórios de tecido, incensos rituais, cabazes gourmet, entre outros. O conceito ArtingLuna é também a base pela qual tem desenvolvido a conexão terapêutica da Arte com a Espiritualidade, através de vários ateliers, workshops, encontros e círculos.

Um história para todos...

Followers

CURRENT MOON

Listening....

Listening....

Silent words